Vereadores mergulham no rio Caeté para tentar resgatar balsa: “A comunidade precisa dessa travessia”, diz Jacamin

A balsa afundou no ano passado em decorrência de vários buracos em sua estrutura de ferro.

Redação Senaonline.net

Os vereadores Jacamin (PP), Canário (PV) e Charmes Diniz (PP) tentam desde a última sexta-feira (5) resgatar uma balsa no porto da comunidade Boca do Caeté, em Sena Madureira. Utilizada para a passagem de veículos e pedestres, a balsa afundou no ano passado em decorrência de vários buracos em sua estrutura de ferro.

Na tribuna da câmara, os vereadores pediram várias vezes que a Prefeitura pudesse alugar outra balsa para colocar no referido porto. “O líder do prefeito chegou a dizer pra gente não se preocupar que a Prefeitura iria alugar outra balsa, mas até hoje nada. Sendo assim, decidimos reunir esforços e tentar resgatar essa aqui mesmo do fundo do rio”, comentou o vereador Jacamin.

Alguns moradores da boca do Caeté estão ajudando os vereadores nesse trabalho. “Estamos usando também uma draga de minha propriedade. Não é um trabalho fácil. Enquanto tem 10 torcendo a favor, muitos outros torcem contra, mas se Deus quiser teremos êxito”, completou.

Antes de afundar, a balsa atravessa do rio Caeté de um lado ao outro, possibilitando a passagem não somente de pedestres como também de carros e motocicletas. “Além dos moradores da boca do Caeté, tem muitas outras pessoas que moram no ramal do São João e precisam dessa travessia. Infelizmente a Prefeitura não vem cumprindo o seu papel”, frisou o vereador Canário.

O local também um escape para moradores do rio Purus. Nessa época do ano se formam muitas corredeiras no Purus que já provocaram alagamentos em datas passadas. Assim, os ribeirinhos optam por viajar pelo ramal e precisam dessa passagem.

Atualmente só possível atravessar o rio na boca do Caeté através de embarcações.

Deixe seu comentário

comentários