Suspeito procura PS com bala na perna após troca de tiros e é preso 

Tentativa de assalto a seguranças do TJ-AC ocorreu nesta segunda-feira (29) em Rio Branco — Foto: Reprodução/

Por Iryá Rodrigues, G1 AC — Rio Branco

Tentativa de assalto a seguranças do TJ-AC ocorreu nesta segunda-feira (29) em Rio Branco — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre Tentativa de assalto a seguranças do TJ-AC ocorreu nesta segunda-feira (29) em Rio Branco — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre
Tentativa de assalto a seguranças do TJ-AC ocorreu nesta segunda-feira (29) em Rio Branco — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Um assaltante morreu após trocar tiros com seguranças do presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC), desembargador Francisco Djalma, na noite de segunda-feira (29), em frente a um restaurante no Centro de Rio Branco. De acordo com informações da polícia, os criminosos teriam tentando levar o carro oficial do TJ-AC que estava estacionado no local.

Horas depois, um dos assaltantes procurou atendimento médico no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) com uma bala alojada na perna e acabou recebendo voz de prisão. Depois de ser atendido, ele foi levado para a Delegacia de Flagrantes (Defla).

A comandante do 1º Batalhão da PM-AC, major Jokebed Lima, afirmou que os criminosos se aproximaram dos seguranças que estavam na frente do restaurante e anunciaram o assalto. No momento do assalto, o presidente do TJ-AC estava jantando no local.

“Havia alguns desembargadores no restaurante e dois seguranças na frente do local. De repente, três criminosos anunciaram o roubo, eles estavam armados, pelo menos duas armas de fogo ficaram no local. Houve uma troca de tiros, onde um deles foi a óbito no local e os outros dois se evadiram”, disse a comandante.

Em nota, o TJ-AC confirmou a situação e disse que os seguranças agiram em legítima defesa.

Deixe seu comentário

comentários