Sofrimento: Morador de Sena Madureira com ferida no nariz pede ajuda para fazer tratamento na capital

Ele não consegue sequer comer direito

Edinaldo Gomes, da Redação do Jornal Difusora

O colono Raimundo Victor de Freitas, 51 anos de idade, residente na coumindade Olho Dágua, rio Iaco, vem enfrentando há mais de dois anos um grave problema de saúde. Uma ferida praticamente “comeu” seu nariz e vem se espalhando agora para a boca.

De acordo com o professor Francisco Domingos, irmão de Raimundo, até o presente momento ainda não foi dado nenhum diagnóstico certo para sarar a ferida. “Nesta semana, ele passou muito mal, não conseguia comer nada. Fomos parar no Hospital. É um sofrimento grande”, relatou.

Diante do agravamento do quadro, a família pretende levá-lo à Rio Branco para consulta com um especialista, entretanto, não tem condições financeiras no momento. “Estamos, na verdade, fazendo um apelo para as pessoas de bom coração. Quem puder nos ajudar com qualquer quantia será muito bem vindo. A ferida no nariz está grande e agora avançando pra boca. Precisamos fazer alguma coisa, por isso, pedimos a ajuda da população senamadureirense”, frisou.

Quem puder ajudar esse morador, deve entrar em contato pelo telefone: (68) 99908 0817.

Deixe seu comentário

comentários