SENA: Acusados de roubar celulares, dinheiro de moradores e ferir PM são condenados a mais de 40 anos de prisão  

Uma das vítimas, segundo a denúncia, teve uma faca encostada em seu pescoço.

Por: Edinaldo Gomes

Uma sentença assinada no dia 14 deste mês pelo juiz de Direito da Vara Criminal de Sena Madureira, Fábio Farias, confirmou mais duas condenações na cidade. Os envolvidos são: Leandro Souza Graciano e Elias Souza Queiróz.

Em abril deste ano, o Ministério Público ofereceu denúncia contra os dois em face de uma ocorrência processada no Restaurante Armazén Araújo, localizado na Praça 25 de setembro. Consta nos autos que eles abordaram pelo menos três vítimas e subtraíram, ao final, dois aparelhos celulares e a quantia de 160 reais em dinheiro vivo.

Uma das vítimas, segundo a denúncia, teve uma faca encostada em seu pescoço.

Além do roubo, um dos envolvidos – Elias Souza de Queiroz também foi indiciado por lesão corporal, visto que o mesmo teria ferido com a faca o policial militar Arthur Aleykson Marques de Souza. Ao se encontrar no local, o PM foi informado sobre o roubo e tentou intervir, mas acabou caindo ao perseguir a dupla e foi atingido por um dos infratores.

Após a dosimetria da pena, Leandro Souza Graciano foi condenado a 21 anos de reclusão e 315 dias/multa. Já Elias Souza Queiroz recebeu 21 anos, 5 meses e 10 dias de prisão.

Em observância ao artigo 33 do Código Penal Brasileiro, o juiz Fábio Farias determinou que as penas sejam cumpridas inicialmente em regime fechado.

Deixe seu comentário

comentários