Roberto Duarte declara: “Minha postura será de independência”

Perfil combativo e carismático. Esse é Roberto Duarte Junior (43), eleito deputado estadual neste domingo

Por Luciano Tavares, da redação ac24horas

Perfil combativo e carismático. Esse é Roberto Duarte Junior (43), eleito deputado estadual neste domingo, 07, com 9.405 votos, o segundo colocado, atrás de Meire Serafim, sua correligionária, que recebeu 10.349 votos.

Roberto vem sendo aprovado nas urnas. Há dois anos quando foi eleito vereador em Rio Branco, o emedebista obteve 3.984. Foi o primeiro colocado naquele pleito municipal.

Advogado há 17 anos, casado com Paula Martinello e pai de Roberto Duarte Neto e Arthur, ele é natural do Rio Grande do Sul e filho de Roberto Duarte (in memorian), que também era advogado, e Marisa Kirjner.

A linha do tempo na vida política/partidária de Roberto Duarte começou há quatro anos quando ele foi candidato a senador pelo PMN e recebeu 17.119 votos. À época, Duarte ficou em terceiro lugar na disputa atrás de Perpétua Almeida (PCdoB) e Gladson Cameli (Progressistas), eleito senador naquele ano.

Depois, já filiado ao MDB e com a ajuda de seu grupo político, Roberto Duarte ganha um certo protagonismo nas manifestações de rua do “Fora Dilma” em Rio Branco, movimento nacional com início em dezembro de 2015 e encerramento em julho de 2016 com o impeachment da petista.

Das ruas para as urnas e depois para o parlamento mirim, o advogado viraria o mais ferrenho opositor de Marcus Viana (PT), hoje ex-prefeito de Rio Branco, derrotado na disputa ao governo do Acre neste domingo.

Ao ac24horas, Duarte, que fora eleito em uma frente de partidos que apoiou a eleição de Gladson Cameli, promete uma postura independente.

Leia os principais trechos da entrevista:
ac24horas: A quem você credita essa vitória tão larga e farta de votos?

RD: À população/eleitores que acreditam e confiam no nosso trabalho. Eu estava na chapa considerada da morte, onde os meus concorrentes diretos tinham apoio de gigantes da política e eu corri sozinho.

ac24horas: Com que sentimento você deixará o parlamento mirim?

RD: Com o sentimento do dever cumprido. Foram apresentadas mais de 11 mil indicações de melhorias para nossa Rio Branco. Projetos de lei importantes para o Município. Emendas às leis do Executivo, lutei contrário ao aumento da tarifa do transporte coletivo, lutei pelo retorno dos cobradores de ônibus, varias denúncias de irregularidades ao Ministério Público Estadual e Federal, ao Tribunal de Contas, enfim cumpri com minhas obrigações.

ac24horas: Você foi eleito pela frente de oposição que deu sustenção ao Gladson. Qual será sua postura?

RD: Minha postura na Assembléia Legislativa será de independência. Continuarei com a mesma postura da Câmara Municipal de Rio Branco, fiscalizando o Executivo, propondo melhorias para nosso Estado e farei um estudo das nossas leis estaduais para verificar a necessidade de alguma atualização.

ac24horas: O senhor recebeu 9.405 votos. Sinceramente, o senhor esperava essa votação?

RD: Eu sempre acreditei que poderíamos ser eleitos pois trabalhamos muito para isso, mas essa votação foi uma surpresa para nós. Fico feliz porque a população acreana acreditou no nosso projeto e nas nossas propostas. Agora quero fazer de tudo para não decepcionar os acreanos e lutar pela iniciativa privada e o agronegócio.

Deixe seu comentário

comentários