Rebocador quebra e deixa balsa do Yaco a deriva por mais de 1 hora

A balsa, que transportava o Prefeito Nilson Areal e o Vereador Rodrigo Pinto desceu, desgovernada, por mais 1,5km

nilson_na_balsa.jpgA balsa, que transportava o Prefeito Nilson Areal e o Vereador Rodrigo Pinto desceu, desgovernada, por mais 1,5km.
 
O Prefeito Nilson Areal, o Vereador Rodrigo Pinto (PMDB) entre outros passaram momentos de tensão esta tarde, quando ficaram a deriva no Rio Yaco por mais de uma hora. Segundo o Vereador Rodrigo Pinto, o rebocador que empurra a balsa na travessia da BR-364 na chegada da Cidade de Sena Madureira simplesmente parou de funcionar e não teve como suportar a força das águas do rio, que empurrou a balsa por mais de 1,5km rio abaixo.

“Tivemos sorte por não ter acontecido nenhum acidente. As crianças que estavam com seus pais na balsa choravam muito e eu cheguei até em pensar de me jogar na água”, conta o vereador que reclamou da falta de coletes salva-vidas suficientes na balsa.

Rodrigo foi à Sena Madureira acompanhando a caravana do PMDB que participa de festejos alusivos ao aniversário do partido. O vereador disse que na sessão desta quarta-feira, em Rio Branco, denunciará o descaso do Deracre quanto a falta de segurança na travessia do rio.

 
 
 
Fonte: Roberto Vaz (ac24horas)

Deixe seu comentário

comentários



Deixe uma resposta