Rebelião na Pousada do Menor, agentes são acusados de espancar 5 menores envolvidos na rebelião

Uma rebelião ocorrida na Pousada do Menor, na última quinta-feira, ocasionou uma polêmica na Cidade de Sena Madureira, 5 menores que tentavam fugir, foram detidos pelos agentes

gse_multipart47550.pngUma rebelião ocorrida na Pousada do Menor, na última quinta-feira, ocasionou uma polêmica na Cidade de Sena Madureira, 5 menores que tentavam fugir, foram detidos pelos agentes, o comentário na cidade é que todos foram espancados pelos agentes da unidade.

A nossa reportagem procurou o Diretor da Pousada do Menor, Clemilsom Pereira, e nos informou que um menor de posse de uma ferramenta, estava tentando fugir, no momento que o educador impediu a fuga o menor partiu para cima do agente, diante desta atitude do menor infrator, os demais iniciaram um tumulto dentro da unidade, foi necessário conter todos utilizando a força, afirmou o diretor.

juza_thais.jpgA nossa reportagem entrou em contato com a Juíza da Comarca de Sena Madureira, Thais Borges, nos informou que teve informações sobre a rebelião dentro da pousada e esteve reunida hoje pela manhã com o Promotor de Justiça, com Diretor da pousada e um dos adolescentes envolvidos. Os depoimentos serão colhidos envolvendo ambas as partes, é muito sedo para dar uma posição correta do que realmente aconteceu.

promotor_465465458.jpgEntramos em contato com Promotor de Justiça Adenilson de Souza, e confirmou que teve conhecimento da rebelião, “a mãe de um menor esteve no Ministério Público reclamando que seu filho teria sido espancado. Imediatamente nos deslocamos para unidade, já determine a abertura de um procedimento e estou apurando os fatos, todos os envolvidos menores, diretor, policiais sócios educadores, mães dos menores, enfim, todos os mencionados. Uma conclusão final sim é clara e evidente que há indícios de excesso por parte dos educadores”, finalizou.

A imprensa não teve acesso aos menores para que contassem se realmente foram espancados, o diretor da unidade responsável pelos menores não permitiu contato com os mesmo, os quais estão isolados em uma das selas da unidade, os motivos, não quis comentar.

 
 
 
Ronaldo Duarte


Deixe seu comentário

comentários



Deixe uma resposta