Quase 500 multas foram aplicadas em Rio Branco durante rodízio de veículos

O rodízio de veículos que iniciou no último dia 18 de maio e finalizou neste domingo (31) em Rio Branco, sem a prorrogação da Prefeitura

EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O rodízio de veículos que iniciou no último dia 18 de maio e finalizou neste domingo (31) em Rio Branco, sem a prorrogação da Prefeitura e do Governo do Estado, foi um dos objetivos dos executivos municipal e estadual para combater o coronavírus e incentivar o isolamento social.

O fato é que não apenas o número de pessoas confinadas neste período aumentou, como também as multas por descumprimento do decreto.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran), que era um dos responsáveis pela fiscalização nas ruas da Capital, 450 multas foram aplicadas no período de 14 dias.

O decreto orientava que os veículos de placa com final par só poderiam circular em dias pares e os de placa com final ímpar deveriam deixar a garagem somente em dias ímpares. 450 motoristas não cumpriram a orientação e também não portavam a dispensa para serviços essenciais dada como possibilidade pela Prefeitura.

Deixe seu comentário

comentários