Promotor é condecorado com a Medalha do Mérito Plácido de Castro

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) teve o seu trabalho reconhecido pelo Comando-Geral da Polícia Militar,

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) teve o seu trabalho reconhecido pelo Comando-Geral da Polícia Militar, que condecorou o promotor de Justiça Júlio César de Medeiros, com a Medalha do Mérito Plácido de Castro, a maior honraria concedida pela Polícia Militar do Estado do Acre a uma autoridade pública. Em dezembro do ano passado, a procuradora-geral de Justiça Kátia Rejane de Araújo Rodrigues também foi condecorada.

A comenda representa o reconhecimento da instituição a personalidades civis ou militares que, com seu trabalho, contribuem para o fortalecimento e progresso da corporação, bem como à sociedade, com o combate rigoroso à criminalidade, atuando diretamente em prol da Segurança Pública.

No caso, o promotor agraciado atuou à frente da 1ª Promotoria Criminal de Cruzeiro do Sul, de janeiro a outubro deste ano, tendo conseguido resultados expressivos, em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Federal, dentre eles, a redução de até 83 % do índice de mortes violentas intencionais, quando comparado ao mesmo período do ano anterior, bem como atuação conjunta em diversas Operações da Polícia Federal, como “Ponta Negra”, “Carthago”, “Erário” e “Catavento”, com dezenas de réus denunciados e presos preventivamente pela prática de tráfico de drogas e organização criminosa.

Em relação à Polícia Militar, o promotor teve o seu mérito reconhecido devido a sua integração e proatividade, vez que proferiu palestras à tropa sobre controle externo da atividade policial e combate à criminalidade organizada, no intuito de enfrentar com rigor a criminalidade, todavia, sem que se fosse cometido qualquer excesso, lesão corporal, abuso de autoridade ou tortura.

Como atitudes inovadoras, o promotor elaborou e executou projetos na área de Segurança Pública, em parceria com o 6º Batalhão de Polícia Militar, com a aquisição de diversos equipamentos utilizados pela Inteligência na prevenção de crimes, sobretudo, ao tráfico de drogas, bem como intensificou o combate aos crimes de trânsito em Cruzeiro do Sul, com recorde de denúncias ofertadas e campanhas preventivas realizadas, inclusive, com oferecimento de denúncias contra pessoas que divulgavam a realização de “blitz” policial em grupos de WhatsApp.

“É uma honra para mim poder elevar ainda mais o nome da minha Instituição, e ter o meu trabalho reconhecido pela Polícia Militar, após meses de dedicação e resultados expressivos. É claro que o Ministério Público faz o controle externo da atividade policial com critério, mas isso não obsta que sejamos parceiros de todos os órgãos da segurança pública, pois, mais do que nunca, precisamos nos unir para responder à altura a criminalidade”, destacou o promotor.

Deixe seu comentário

comentários