Presídio de Sena tem mais de 500 detentos atualmente

Apesar de ser um número alto, não houve aumento significativo na população carcerária do início do ano até a presente data.

Por: Edinaldo Gomes

Uma contagem feita na manhã desta terça-feira, 30, confirmou que atualmente 525 reeducandos se encontram no presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira. Apesar de ser um número considerável, não houve aumento significativo na população carcerária do início do ano até a presente data.

De acordo com o diretor do presídio, Valquer Oliveira, todos os dias a atenção é redobrada para que a ordem seja mantida. “Graças a Deus e ao esforço de toda a nossa equipe, o presídio de Sena é modelo para outras unidades do estado no quesito segurança, sem nenhum incidente grave verificado nos últimos anos. Mesmo assim, com o apoio do Iapen, temos adotado todas as medidas para manter nesse patamar”, comentou.

Em anos anteriores, o número de presos era bem menor. Entretanto, com o surgimento das facções criminosas o salto foi gigantesco. A maioria das prisões envolve o tráfico de drogas e crimes contra a vida.

FISCALIZAÇÃO RIGOROSA

Em que pese a calmaria dos últimos tempos, a fiscalização tem se intensificado cada vez mais na entrada da unidade e em suas respectivas celas. Recentemente, os agentes penitenciários conseguiram desarmar um determinado bloco. No subsolo da unidade, dezenas de armas artesanais foram apreendidas pelos agentes, sendo terçados e facas.

Outra incidência diz respeito a tentativa de entrada de drogas e celulares na penitenciária. Pessoas que estão do lado externo tentam de todas as formas burlar a fiscalização, mas acabam presas na maioria das vezes. No último final de semana, por exemplo, uma visitante foi flagrada com drogas escondidas em suas partes íntimas.

O presídio Evaristo de Moraes abriga presos oriundos de Sena Madureira como também de outras cidades acreanas, principalmente de Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus.

 

 

 

Deixe seu comentário

comentários