Polícia investiga criminosos que cortaram rede de Fibra óptica deixando Sena Madureira sem telefonia e internet

A Polícia Militar apurou que o corte foi feito de forma criminosa.

Edinaldo Gomes, da Redação do Jornal Difusora

A cidade de Sena Madureira ficou na noite deste domingo (28), sem internet e serviço de telefonia em razão do corte da rede de fibra óptica verificado na altura do km 12, BR-364, sentido Sena a Rio Branco. A Polícia Militar apurou que o corte foi feito de forma criminosa.

A hipótese mais provável é que os infratores intencionavam, com isso, praticar algum tipo de roubo, focando as agências bancárias ou setores da esfera particular. Sem a internet funcionando, os sensores dos cofres não são acionados, facilitando a ação dos criminosos. Além disso, a comunicação da PM com policiais de outras cidades ficaria comprometida.

Apesar disso, o Tenente Fábio Diniz, da Polícia Militar de Sena Madureira, informou que não houve nenhum registro criminoso nas agências bancárias ou em qualquer outro local. Ele também disse que a Polícia tem outras ferramentas à disposição para suprir uma possível falta de comunicação pelos celulares convencionais.

A PM conta atualmente com um celular satélite, repassado ao Batalhão pela Prefeitura. Sendo assim, numa situação como a de ontem, a PM tem totais condições de manter contato com a Polícia de outras cidades. “Nós estamos preparados para atuar nesses casos, tanto é que ontem colocamos em prática nosso plano de contingência e não houve nenhuma anormalidade nas agências bancárias. A PM de Sena Madureira está preparada tanto pra manter a ordem como também para garantir a segurança dos policiais nesse tipo de caso”, frisou.

O Tenente acrescentou, ainda, que o trabalho de enfrentamento aos criminosos é feito em conjunto com a Polícia Federal, Polícia Civil e o serviço de inteligência do Exército Brasileiro. “Temos uma investigação em andamento para identificar e prender todos os envolvidos nesse tipo de ação. Contamos ainda com o apoio do Poder Judiciário, Ministério Público e Iapen”, complementou.

Uma vez capturados, os envolvidos deverão responder por dano qualificado bem como por associação criminosa.

As forças policiais de Sena Madureira continuam com as atenções redobradas com a meta de repelir ações dessa natureza.

Deixe seu comentário

comentários