Petecão é solidário com o presidente Jair Bolsonaro

Após saber que o presidente Jair Bolsonaro recebeu o diagnóstico de coronavírus nesta terça-feira (8), o senador pelo Acre

Após saber que o presidente Jair Bolsonaro recebeu o diagnóstico de coronavírus nesta terça-feira (8), o senador pelo Acre, Sérgio Petecão (PSB), declarou em seus perfis nas redes sociais que não se deve tratar a condição de saúde do presidente de forma política/partidária.

“Não devemos tratar a condição de saúde do presidente da República (que testou positivo ao coronavirus) de forma política/partidária. Esta é uma doença muito séria que tem tirado a vida de amigos próximos e de uma quantidade assustadora da população brasileira. A forma como ela nos atinge é cruel”, escreveu Petecão.

PUBLICIDADE

Bolsonaro foi alvo de muitas críticas de seus opositores, que lembraram do que disse o presidente há meses atrás sobre o coronavírus ser apenas uma “gripezinha” e que ela não o afetaria, por conta do seu físico de atleta.

“Solidarizo-me com o presidente Jair Messias Bolsonaro e com todas as vítimas dessa doença. Desejo uma rápida recuperação e que todos sigam tomando os devidos cuidados para evitar a disseminação de novos casos”, finalizou Petecão.

Deixe seu comentário

comentários