No presídio de Sena, agentes apreendem armas artesanais e carta ameaçadora

A operação surpresa foi desencadeada na tarde desta sexta-feira

Fonte: Contilnet

Agentes penitenciários do presídio estadual Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, realizaram uma nova apreensão de armas artesanais em um dos blocos, onde ficam presos ligados a uma facção criminosa. Durante a empreitada, foi possível apreender também um telefone celular e uma carta contendo ameaça contra a segurança pública.

De acordo com a coordenação de segurança da UPEM, a operação surpresa foi desencadeada na tarde desta sexta-feira, 05, e contou com o apoio de agentes que estavam de folga, mas que foram convocados para reforçar a revista pente-fino.

Na ocasião, uma carta também foi localizada contendo claras informações ameaçadoras. As ameaças são direcionadas aos operadores de segurança pública do município, por uma organização criminosa, mas o conteúdo não foi revelado a imprensa.

Diante dessas informações, a direção da Unidade decidiu suspender as visitas familiares a partir deste final de semana em três blocos, sendo o 4, 5 e 7. Com relação aos demais blocos a visita será normalizada a partir deste sábado nos blocos 8, 9 e 10, assegura a direção do presídio.

Com relação as armas artesanais apreendidas, a coordenação de segurança afirma que foram fabricadas da grade da porta das celas.

Uma sindicância deverá apurar a autoria dos objetos apreendidos nesta sexta-feira, inclusive um telefone celular que os internos usavam para manter contato com outros comparsas em liberdade.

Deixe seu comentário

comentários