Nível do Rio Madeira continua subindo em Porto Velho e Abunã

O nível do Rio Madeira subiu em Porto Velho e na região de Abunã, e continua levando apreensão não somente para as comunidades ribeirinhas como para os moradores de Extrema,...

O nível do Rio Madeira subiu em Porto Velho e na região de Abunã, e continua levando apreensão não somente para as comunidades ribeirinhas como para os moradores de Extrema, Nova Califórnia e Acre, que temem pela alagação da BR-364. Se isto ocorrer, essas localidades ficam isoladas pela via terrestre.

Em Porto Velho, que já vive o drama das enxurradas e alagações, o nível do Rio Madeira saiu de 13,59 metros para 13,68m, e em Abunã, de 20,07 metros para 20,09m na medição das 6 horas desta quinta-feira (10). Os dados são da Defesa Civil do Acre. Desde o começo do ano o rio oscila mas sempre preocupando as autoridades.

O Rio Madeira é influenciado pelas ocorrências climáticas na Bolívia. Chuvas imprevisíveis associadas ao fenômeno El Niño já deixaram cerca de 2.200 famílias afetadas e 975 afetadas em cinco municípios bolivianos, o que pode seguir elevando o rio no Brasil.

A previsão climática é de mais chuva em Rondônia. A Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia informa que as chuvas devem continuar por todo o Estado e o dia deve ser chuvoso em toda a região norte e oeste do Estado nesta quinta.

Deixe seu comentário

comentários