Natural de Boca do Acre, Manoel Izidoro completa 50 anos de residência em Sena Madureira

Seu Manoel Izidoro é um homem bem sucedido na vida, graças à dedicação ao trabalho

Por: Edinaldo Gomes

SEU MANOEL IZIDORO FOI ENTREVISTADO PELO RADIALISTA EDINALDO GOMES

O ex-vereador de Sena Madureira, Manoel Izidoro, hoje com 71 anos de idade, concedeu entrevista nesta quarta-feira (19), á Rádio Difusora de Sena para celebrar 50 anos de vida somente no vale do Iaco.

Natural de Boca do Acre (Amazonas), Manoel Izidoro pisou em solo senamadureirense pela primeira vez no dia 19 de fevereiro de 1970 e, desde então, não saiu mais daqui. Naquele ano, poucos meses depois, casou-se com a dona Jucemir que é natural de Sena Madureira. no próximo dia 10 de agosto, eles irão comemorar 50 anos de casados.

Seu Manoel Izidoro é um homem bem sucedido na vida, graças à dedicação ao trabalho. Antes de vir pra Sena, ele serviu o Exército Brasileiro, em 1968. No ano seguinte deu baixa e ingressou na área da saúde.

De acordo com o seu relato, em 1970 a cidade de Sena Madureira era extremamente pacata, visto que, ainda desabrochava rumo ao progresso. “Naquela época, quando cheguei em Sena Madureira, tinha em torno de 650 casas, incluindo também os comércios e outras repartições. No Bairro da Pista, me lembro bem, só tinha seis casas. Me identifiquei com esse povo. Aqui formei minha família e estou até hoje com muito orgulho”, comentou.

Ele também participou de momentos históricos no município. “Tive a felicidade de assinar o livro do Centenário de Sena Madureira. Meu avô que era de Portugal, assinou a Ata de Fundação da cidade, na Boca do Caeté. Estou muito feliz em celebrar essa data”, frisou.

Pai de sete filhos, Manoel Izidoro tem o Título de Cidadão Senamadureirense, indicado pelo ex-vereador José Vieira de Farias.

 

Deixe seu comentário

comentários