Na tentativa de retomar visitas, presos entregam voluntariamente 32 armas artesanais

Mesmo após este ato voluntário, foram encontradas mais cinco armas

Os detentos do Pavilhão H do Complexo Penitenciário de Rio Branco, Francisco de Oliveira Conde (FOC) entregaram, espontaneamente, cerca de 32 armas artesanais à guarnição que realizava a guarda daquele local.

Na última semana os detentos foram informados que as visitas só voltariam ao normal depois que a direção tivesse certeza que não havia mais nenhum tipo de armamento artesanal no presídio.

“Eles escondiam as armas dentro da cela e, tentando impressionar a guarnição, começaram a jogá-las no corredor, como forma de se renderem para que as visitas voltem ao normal”, explicou o diretor da Unidade, Fagner Souza.

Mas mesmo com este ato voluntário, outras cinco armas foram encontradas, totalizando 37  estoques.

“Até não encontrarmos mais riscos aos visitantes e servidores, eles continuarão sem visitações por tempo indeterminado”, finalizou o diretor.

REDAÇÃO CONTILNET

Deixe seu comentário

comentários