Manoel Urbano: Homem continua desaparecido nas águas do rio Purus

No local do ocorrido e em áreas adjacentes foram realizados mergulhos

Edinaldo Gomes

Foto: Wesley Tavares

Apesar do trabalho de buscas feito por mergulhadores do Corpo de Bombeiros, até o presente momento não foi encontrado nenhum vestígio sobre o paradeiro do braçal Claudemir da Silva, 35 anos de idade, desaparecido desde ontem nas águas do rio Purus.

No local do ocorrido e em áreas adjacentes foram realizados mergulhos, mas os Bombeiros não obtiveram êxito. Populares também ajudaram nesse trabalho já que conhecem bem o porto de Manoel Urbano, onde ocorreu o sumiço.

De acordo com informações, por volta das 4 horas da madrugada de quinta-feira, 28, ele teria caído no rio e, desde então, não foi mais visto. “Ele estava dentro de um barco, no porto de Manoel Urbano, quando caiu dentro do rio e não voltou mais. A família vive um momento de aflição”, comentou Antônio Ricardo da Silva, irmão da vítima.
Residente em Rio Branco, Claudemir pretendia se deslocar até a colônia Boa Vista, no alto rio Purus, para visitar familiares, entretanto, não conseguiu atingir tal objetivo.

Segundo moradores, nessa época do ano, no local onde ocorreu o sumiço o rio Purus não apresenta um grande volume de água. As buscas à Claudemir da Silva continuam.

Este, no entanto, não é um caso isolado. Em janeiro deste ano, o diarista Adalberto Pereira Lima também foi tragado pelas águas do rio Purus e até hoje seu corpo não foi encontrado.

Deixe seu comentário

comentários