Macumbeiro furta crânio humano de cemitério clandestino para ritual macabro no Ana Vieira

O Serviço Reservado da Polícia Militar cumpriu na manhã de sábado (4), um mandado de busca e apreensão expedido pelo Juiz Robson Ribeiro, na residência do Senhor Givanildo, conhecido por...

macuba_materia_2222.jpg

O Serviço Reservado da Polícia Militar cumpriu na manhã de sábado (4), um mandado de busca e apreensão expedido pelo Juiz Robson Ribeiro, na residência do Senhor Givanildo, conhecido por ¨Paraíba¨ e também por ¨feiticeiro¨. Ao adentrarem na residência do ¨feiticeiro¨ os policiais se depararam com uma situação inusitada. Na sala da residência estava montado uma espécie de ritual macabro.
 
 

feitio_materia_65666.jpg

Um crânio humano estava todo melado do sangue de uma galinha morta, pronto para a realização do ¨ato macabro¨, o crânio estava suspenso em uma espécie de cruz feita de ferro. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

feitio_materia_564589.jpg

O feiticeiro além de feitiço também está sendo acusado de tráfico de drogas, com ele foram encontradas 14 trouxinhas de pasta base de cocaína e vários sacos plásticos cortados que seriam usados para embalar mais drogas.
 
 
 
 
 
 

fitio_materia_555555.jpg

Givanildo foi preso por tráfico de drogas e deverá dar explicações à justiça de onde ele conseguiu esse crânio humano, aparentemente de um homem. A nossa reportagem entrou em contato com um dos amigos do feiticeiro, e nos informou que ele arrancou de um cemitério clandestino no interior. A polícia irá investigar o local, o acusado está à disposição da justiça na Unidade de Recuperação Social Evaristo de Moraes.  
 
 
Ronaldo Duarte 

Deixe seu comentário

comentários



Deixe uma resposta