Homem que matou mulher em Manoel Urbano tem prisão preventiva decretada

Na decisão, a juíza Ana Paula Saboya, titular da Vara Única da Comarca de Manoel Urbano considerou a gravidade do crime

A Justiça do Acre decretou a prisão preventiva de Andreci Paulo de Amorim, de 29 anos, que confessou ter matado a mulher Maria Antônia Saboia da Silva, de 30 anos, com vários golpes de faca, na madrugada de domingo (31), no município de Manoel Urbano, no interior do Acre.

Um dia após a morte da mulher, Amorim ligou para o 190 da Polícia Militar, confessou o crime, informou sua localização e foi preso em flagrante pelo feminicídio. O tenente da PM-AC, Fábio Diniz disse ao G1 que o homem relatou que tinha cometido o crime por conta de uma suposta traição.

O crime, segundo a Justiça, teria ocorrido na presença dos filhos da vítima. O filho mais velho de Maria, em depoimento, informou que chegou a “travar” uma luta corporal com o padrasto.

Na decisão, a juíza Ana Paula Saboya, titular da Vara Única da Comarca de Manoel Urbano considerou a gravidade do crime, ressaltando que, além do feminicídio ter sido foi cometido na frente dos filhos da vítima, os golpes de faca atingiram “os mais variados órgãos, revelando a brutalidade com que realizou os ataques”.

A magistrada também destacou que a vítima, no momento do crime, estava deitada no quarto e que não teve “chance de defesa”.

Maria Antônia deixou dois filhos, de 5 e 13 anos, informou a PM. Um irmão da vítima teria informado para a polícia que Maria e o companheiro discutiam há alguns dias e que ela queria terminar o relacionamento, mas não conseguia.

Na noite de sábado (30) para domingo, os dois estavam bebendo e a mulher acabou morta. No mesmo dia, a polícia encontrou uma faca do tipo peixeira que ainda estava suja de sangue.

Fonte-G1

Deixe seu comentário

comentários