Governo cancela vacinação contra a aftosa, mas produtores precisam declarar o rebanho

Facebook Twitter WhatsApp Facebook MessengerEdinaldo Gomes, para o Senaonline.net A campanha de vacinação contra a febre aftosa que habitualmente ocorria no Acre no mês de maio foi cancelada pelo Governo...

Edinaldo Gomes, para o Senaonline.net

A campanha de vacinação contra a febre aftosa que habitualmente ocorria no Acre no mês de maio foi cancelada pelo Governo Federal. Mesmo assim, os criadores de gado precisam cadastrar o rebanho junto ao Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf).

De acordo com a veterinária Paula Helena, chefe do Idaf em Sena Madureira, a entrega da declaração começou no dia 1° deste mês e irá se estender até o dia 15 de junho. “É fundamental que os criadores de gado procurem o nosso escritório para fazer a declaração. Estamos funcionando das 7 horas da manhã ás 13 horas. Como estamos no período da pandemia do coronavírus, adotamos medidas para que o atendimento ocorra da melhor forma”, frisou.

Quem não fizer a declaração em tempo hábil ficará inadimplente junto ao Idaf e não poderá, por exemplo, ter em mãos a GTA (Guia de Transporte Animal).

Em Sena Madureira, somente o rebanho bovino é estimado em 325 mil cabeças de gado.

 

Deixe seu comentário

comentários