Garoto encontrado morto dentro de igarapé tinha gravado vídeo se desligando de facção

O menor disse que pretendia seguir outro caminho

Da Redação

O garoto de 16 anos de idade que foi encontrado esquartejado dentro de um igarapé na cidade de Manoel Urbano tinha gravado um vídeo, há dias, se desligando de uma facção criminosa.

No vídeo, ele aparece ao lado do Pastor Maclenildo e de um presbítero, ambos da igreja Assembléia de Deus de Manoel Urbano. O garoto anuncia sua saída e diz que vai seguir outro caminho em sua vida. “Estou saindo porque quero seguir o caminho certo”, comentou ao lado do pastor.

No último domingo, ele desapareceu da família e partes de seu corpo foram encontradas nesta semana jogadas em um igarapé, mas a cabeça do mesmo ainda não foi localizada.

Através de uma ação conjunta, policiais Civis e Militares prenderam três acusados em Manoel Urbano e apreenderam duas espingardas, munições e drogas.

Um dos acusados atende pelo nome de Rodrigo e tem 18 anos. Com passagens anteriores pela justiça, ele é acusado de participar da morte de um menor no Centro Sócioeducativo de Sena Madureira e também das mortes de Amanda Paiva, 14 anos e Tauã Oliveira, 16 anos, ocorridas no Bairro Segundo Distrito, em Sena.

O caso de Manoel Urbano continua sendo investigado.

 

Deixe seu comentário

comentários