Equipamento é instalado no presídio de Sena para evitar entrada de celulares, drogas e outros objetos

Trata-se do Body Scan, um equipamento de inspeção corporal

Edinaldo Gomes

Além de contar com um aparelho de Raio X e detector de metal, o presídio de Sena Madureira Evaristo de Moraes ganhou recentemente mais uma importante ferramenta para evitar que objetos ilícitos cheguem às mãos dos reeducandos por parte das visitas. Trata-se do Body Scan, um equipamento de inspeção corporal que funciona por meio da emissão de baixas doses de raios-X.

Com recursos oriundos do Depen, o Governo do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) comprou o Body scan e o instalou na última sexta-feira no presídio de Sena. Essa tecnologia permite observar o que a pessoa revistada carrega consigo tanto fora do corpo –dentro das roupas ou por baixo delas – quanto dentro dele.

Assim, é possível identificar drogas, celulares, armas e outros objetos considerados ilícitos dentro de uma unidade prisional.

O Body scan trabalha com a geração de imagens do corpo em alta definição permitindo, de forma rápida e segura, a averiguação no sentido de saber se o visitante tem em seus domínios algum material impróprio.

Coincidentemente, no dia de sua instalação em Sena Madureira já houve o primeiro flagrante. Uma mulher que transportava drogas em suas partes íntimas passou pelo aparelho e acabou presa. “Não fosse essa tecnologia, a fiscalização poderia ser ludibriada, uma vez que, muitos objetos estão fora do nosso alcance”, comentou um servidor do Iapen.

Para Valquer Oliveira, diretor do presídio em Sena, esse novo aparelho vem para reforçar ainda mais a fiscalização. “Ao longo deste já foram feitas várias apreensões de objetos ilícitos, isso graças aos Agentes penitenciários e á própria comunidade que faz denúncias. Agora, passamos a contar com esse novo aparelho que será de grande ajuda para o nosso trabalho”, enfatizou.

No presídio de Sena também há o monitoramento feito por câmeras de segurança e fiscalização constante na muralha.

Deixe seu comentário

comentários