Empresa não entrega talões na zona rural de Sena; Moradores reclamam

Geralmente a cobrança é baseada no valor do mês anterior.

Redação

Moradores de diversas localidades da zona rural de Sena Madureira estão formalizando uma denúncia contra a Eletroacre/Energisa pelo fato de não estarem recebendo os talões de luz. Eles próprios precisam se deslocar até a sede da empresa, localizada no Bairro Cidade Nova, para pegar a conta e poder pagá-la.

Dona Helena Lima de Souza, residente no ramal do Cassirian, considera um absurdo o que vem acontecendo. “Como se não bastasse os apagões constantes, agora temos que ir buscar a conta lá na Eletroacre porque eles não fazem a leitura. Alguma providência tem que ser tomada”, comenta.

Ela está revoltada porque ao invés de baixar o volume da conta tem é aumentado. “As vezes passa de semana sem energia aqui e a conta não baixa. Mas, também como é que vai baixar se eles não fazem a leitura? Alguma coisa está errada”, frisou.

Nesta manhã, em entrevista às Rádios Difusora e Aldeia FM 105,9, o representante da Eletroacre/Energisa em Sena, Ilton Cavalcante, disse que a leitura só não é feita em locais de difícil acesso. “Infelizmente em alguns locais não tem como chegar o nosso leiturista. Então ele coloca um código dizendo que não teve como ir lá fazer a leitura e o sistema automaticamente vai cobrar um valor em média para que se gere a fatura do consumidor. Esse valor que é cobrado fica no sistema até que o consumidor procure o nosso escritório”, disse ele.

Geralmente a cobrança é baseada no valor do mês anterior.

Na câmara municipal, os vereadores tem cobrado da empresa que dê um jeito de fazer a leitura na zona rural, mas até hoje o problema continua da mesma forma.

Deixe seu comentário

comentários