Em reunião na Saúde, Polícia Militar anuncia operação na região da Cidade do Povo

Comandante da Polícia Militar anuncia presença em massa das tropas de elite da corporação

Resley Saab/Agencia

Comandante da Polícia Militar anuncia presença em massa das tropas de elite da corporação no maior conjunto habitacional da região Norte e nos bairros do entorno

Uma megaoperação, com a participação massiva das forças especiais de Segurança na região da Cidade do Povo, foi anunciada pelo comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), coronel Ulysses Araújo, nesta sexta-feira, 17.

As tropas começaram a se deslocar gradativamente para a localidade já nas primeiras horas desta sexta, depois que bandidos executaram um membro, supostamente de uma organização criminosa, na entrada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade do Povo, por volta das 21 horas de quinta, 16.

No final da manhã, o comandante da PMAC se reuniu com o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, com a secretária-adjunta de Saúde, Paula Mariano, e técnicos da pasta, para anunciar a operação e tranquilizar o serviço público de saúde.

“O alvo desses criminosos não são vocês. Os alvos são específicos. Mas, ontem mesmo [na quinta] já começamos uma ação. Já estamos ‘fechando’ o Rosalinda, o Belo Jardim, o Santo Afonso e o Ramal da Judia, trazendo o Bope [Batalhão de Operações Especiais], o Giro [Grupo de Intervenções Rápidas e Ostensivas] e o batalhão específico da área, sem data pra sair de lá”, ressaltou Ulysses Araújo.

“Quero dizer que vamos dar o suporte para vocês terem a tranquilidade [para trabalhar]”, garantiu Araújo, ao anunciar em seguida que, no próximo dia 23 de fevereiro, a Secretaria de Justiça e Segurança Pública inaugura a base comunitária na Cidade do Povo, que contará com policiais civis e pelo menos 30 policiais militares.

Para o secretário de Saúde, Alysson Bestene, “as medidas asseguram total integridade aos servidores e às pessoas que recorrem à UPA da Cidade do Povo”.

“Nós sabemos de todo o esforço que é feito pela Segurança. O governador está empenhado em oferecer todas as condições para que nossos valorosos homens atuem fortemente, e a gente sabe que teremos bons resultados”, destacou o secretário, em tom de agradecimento pela presença do comandante-geral da PMAC.

Os praças e oficiais da base comunitária anunciada por Ulysses Araújo vão atuar com ações repressivas, e também preventivas, na comunidade, enquanto que os policiais do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), estarão em todas as escolas do maior conjunto habitacional da região Norte, lar de pelo menos 10 mil pessoas.

Deixe seu comentário

comentários