CASO AMANDA E TAUÃ: Mais uma menor é apreendida pela Polícia, em Sena

Subiu para 10 o número de infratores que estão atrás das grades por algum tipo de envolvimento nos crimes

Por: Edinaldo Gomes

Policiais Militares e Civis de Sena Madureira apreenderam na tarde desta segunda-feira, 27, mais uma menor acusada de envolvimento nas mortes dos adolescentes Amanda Paiva e Tauã Oliveira, registradas em dezembro do ano passado no Bairro Segundo Distrito.

A infratora tem 16 anos de idade e foi capturada no momento em que chegava da zona rural.

De acordo com as investigações, ela teria atraído os adolescentes para o chamado “julgamento” e fornecido o aparelho celular para os executores gravarem a barbárie.

Após a apreensão, a menor foi encaminhada para a Unidade de Segurança Pública de Sena para os procedimentos de praxe. Agora subiu para 10 o número de infratores que estão atrás das grades por algum tipo de envolvimento nos crimes, dentre os quais estão homens e mulheres.

Lembrando que, uma vez condenados, os menores podem passar no máximo três anos internados, conforme determina o ECA. Já os maiores de idade, dependendo de suas condenações, poderão passar até 40 anos trancados, segundo a nova lei que consta no pacote anticrime sancionada recentemente pelo presidente Bolsonaro.

Os dois adolescentes (Amanda Paiva, 14 anos e Tauã Oliveira, 16 anos) foram mortos barbaramente e tiveram os corpos enterrados em uma cova rasa no Bairro Segundo Distrito. Por meio de um exímio trabalho, a Polícia Militar conseguiu localizar os corpos e juntamente com a Polícia Civil prender todos os envolvidos.

Deixe seu comentário

comentários