Caçadores temem a lei e respeitam a caça predatória no município de Sena Madureira

A caça predatória nos Rios e Estradas do município de Sena Madureira Diminuiu. Em decorrência do trabalho de fiscalização realizado pelos agentes do IBAMA.

incra.jpgA caça predatória nos Rios e Estradas do município de Sena Madureira Diminuiu. Em decorrência do trabalho de fiscalização realizado pelos agentes do IBAMA. Os fiscais inspecionam durante os finais de semanas as áreas mais conhecidas pelos caçadores, localizadas nos rios Caeté e Purus, outra equipe formada por 6 agentes fiscaliza as estradas e ramais existentes no município.

 

            Durante os feriados outra equipe também realiza a fiscalização, a afirmação é do responsável pelo IBAMA de Sena Madureira José Torres.

 

A mais de um ano que o IBAMA não recebe uma denúncia de comercialização de carne de animais silvestres no município, até os jabutis prato preferido por uma boa parte da população não é mais servido rotineiramente, já que os caçadores temem a lei e sabem que se forem pegos cometendo estes crimes irão responder processo criminal e pagar multas equivalentes a 500 reis por animal. Podendo ser presos e encaminhados a Unidade de Recuperação Social Evaristo de Mores.

 

 

Ronaldo Duarte

Deixe seu comentário

comentários



Deixe uma resposta