Acusado de matar jovem em Sena Madureira já está preso; Corpo da vítima foi encontrado dentro do rio

Contra ele já existiam três mandados de prisão em aberto

Da redação


O principal suspeito na morte do jovem Ederson de Souza Magalhães, 18 anos, se entregou à polícia de Sena Madureira nesta semana. Trata-se de Vagner Silva de Almeida, morador do Bairro Segundo Distrito.

Após a ocorrência, tanto a Polícia Civil quanto a Militar começaram uma minuciosa investigação para desvendar o crime, chegando ao nome de Vagner. Como notou que não tinha escapatória, o mesmo resolveu se entregar.

De acordo com as investigações, contra ele já existiam três mandados de prisão em aberto expedidos pela justiça de Sena Madureira. Agora, Vagner da Silva Almeida aguardará, no presídio, as providências da justiça local, devendo ser levado futuramente à júri-popular.

No que tange à morte de Ederson Magalhães, apurou-se que o corpo do mesmo foi encontrado dentro do rio, próximo à comunidade Boca do Caeté. Ao ser resgatado, ele estava com uma corda no pescoço e tijolos amarrados ao corpo, indicando que não teria sido morte por afogamento e, sim, homicídio.

As investigações sobre o caso continuam visando descobrir se há mais alguém envolvido nessa ocorrência.

Corpo da vítima foi encontrado nesta semana próximo à Boca do Caeté

 

Deixe seu comentário

comentários