138 casos de Hepatites já foram notificados em Sena neste ano; Um paciente morreu 

Com hepatite, colono de 33 anos foi a óbito neste ano

Por: Edinaldo Gomes

Dados da Secretaria Municipal de Saúde divulgados nesta terça-feira, 30, indicam que 138 casos de hepatites virais já foram notificados neste ano em Sena Madureira. O número é preocupante e deixa em alerta os profissionais da área da saúde.

Neste mês de julho foi deflagrada uma campanha no município cujo foco principal foi chamar a atenção dos moradores para a questão da prevenção. Nesse sentido, várias palestras foram realizadas nas unidades de saúde e em outros locais.

De acordo com a enfermeira Tairine Sampaio, coordenadora da campanha de combate as hepatites em Sena, essa campanha será encerrada nesta quarta-feira, 31. “Teremos atividades no Segundo Distrito e no Ana Vieira. Aqui em Sena, a principal incidência é de hepatite B. Mesmo com o fim da campanha, o trabalho de orientação vai continuar”, disse ela.

Com hepatite, colono de 33 anos foi a óbito neste ano

Além das notificações, a saúde também registrou uma morte provocada pelas hepatites. A vítima foi um colono de apenas 33 anos de idade que morava no rio macauã.

Diagnosticado tardiamente, não foi possível reverter seu quadro clínico por meio do tratamento.

Os demais pacientes fazem o tratamento que é ofertado pelo Sistema Único de Saúde. Geralmente, eles usam o interferon, um medicamento próprio para esse tipo de tratamento, porém, outros remédios também são acrescentados no decorrer do processo. “São medicamentos que causam reações ao paciente, mas é fundamental que eles não abandonem o tratamento, visto que, a maioria dos casos são reversíveis”, acrescentou.

Nas unidades básicas de saúde existem vacinas disponíveis contra as hepatites. Outro método preventivo é a utilização de preservativos nas relações sexuais bem como o não compartilhamento de seringas e outros objetos perfuro-cortantes.

Deixe seu comentário

comentários